Smartphones

Asus Zenfone 2 – Unboxing / Review

20160912_140445_1

Já não é um equipamento recente com a sua apresentação efectuada em Janeiro de 2015 e a chegada ao mercado dois meses depois em Março de 2015.

Tive a oportunidade de fazer o unboxing e uma primeira review a este equipamento, que apesar de já ter sido lançado o ano passado, conta com características ainda capazes de fazer frente a muitos dos mais recentes flagships de outras marcas.

Vamos então fazer o unboxing a este equipamento e dizer as primeiras impressões.

A versão que me chegou para análise foi o Asus Zenfone 2 de 4GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno, expansível através de microSD até 64 GB. É potenciado com um processador Intel Atom Z3580, Quad-core 2.3 GHz e com um GPU PowerVR G6430. Este equipamento vem com o Android 5.0, Dual SIM e com suporte de rede 4G (LTE).

Dentro da Caixa além do smartphone vem também um carregador (fast charge), um cabo USB/Micro-USB, uns auriculares (com dois conjuntos de borrachas), o documento de garantia e um guia de iniciação rápida.

Hardware

Conta com uma dimensão de 152.5 x 77.2 x 10.9 mm e um peso de 170 g. Os habituais botões de Volume encontram-se na traseira do equipamento por baixo do sensor da câmara e o botão de Power na parte superior junto à entrada para os auriculares e o microfone para a supressão de ruído. Na parte inferior encontramos uma entrada Micro-USB e o microfone. A coluna de som também se encontra na traseira do equipamento, o que pode trazer alguns transtornos no uso de capas. Uma particularidade deste equipamento é que me faz lembrar o LG G3. Não sei se a Asus retirou daí alguma inspiração, mas que é parecido, é.

Display

O ecrã é um IPS LCD de 5,5 polegadas e com uma resolução Full HD (1920 x 1080p), resultando em uma densidade de 403 pixeis por polegada. A qualidade do ecrã é boa, em nenhum momento tive a impressão de identificar pixeis no ecrã. Em todo o caso ainda permite, para quem deseje cores mais vívidas e contrastes maiores, acedendo às configurações do display é possível personalizá-las de forma automática ou manual.

O ecrã possui uma boa qualidade de cores e contraste, tem uma boa capacidade de resposta ao toque tornando a experiência do touchscreen muito suave, porém, independentemente de ser apresentado como contendo uma camada protectora contra as impressões digitais não tive a impressão de ter uma redução das referidas marcas, pelo contrário. O ecrã tem uma visibilidade em ângulos inclinados muito boa.

Uma crítica ao ecrã do Zenfone 2 é que mesmo oferecendo tecnologia LCD conseguir distinguir aquilo que aparece no display quando estamos sob luz direta do sol ou apenas em ambientes externos é muito difícil.

Câmara

A câmara traseira do Zenfone 2 conta com uma lente com abertura de f2.0 e que era bastante inovadora quando foi anunciada, em janeiro do ano passado. Hoje, passado algum tempo, já está atrás da maioria dos flagships dos concorrentes.

A câmara é de 13 megapixeis e tem uma enorme lista de modos, com possibilidade de foto em modo manual, câmara lenta para vídeos, fotos em miniatura e até GIFs animados.

A qualidade geral das fotos é fantástica para ambientes bem iluminados, com alguns momentos onde o HDR coloca branco demais na foto (estragando o conjunto). Em fotos nocturnas o resultado é bastante granulado e com algumas aberrações no HDR, que chega a criar uma aura em alguns objectos, mas, por outro lado, exibe muita informação.

Tanto a câmara frontal (de 5 MP) quanto a câmara traseira possuem a tecnologia Pixel Master traz a optimizam claramente as imagens feitas com pouca luz. Ambos os sensores foram fabricados pela Toshiba e possuem um ângulo de 85º. Outro recurso que vale a pena citar é o Super HDR que torna as imagens até 4 vezes com mais contrastes em brilho e cor. Para capturar uma imagem, não é necessário tocar no ecrã, pois o botão para diminuir o volume funciona como um gatilho para a câmara.

Bateria

O Zenfone 2 tem uma bateria de 3.000 mAh fixa e suporta carregamento rápido.

Em termos de autonomia, o Zenphone 2 tem um bom desempenho, influenciado com certeza pelo grande número de funções de software com essa finalidade. Além dos modos Super Poupança, modo Poupança de energia e Modo personalizado, o dispositivo possui uma aplicação que contribui para o melhor gestão de aplicações que iniciam automaticamente. Isso faz com que o aparelho possa libertar a memória em uso e melhorar o desempenho do sistema e, claro, economizar a vida da bateria.

Em termos de autonomia espera-se uma utilização superior a 24 horas.

Infelizmente, o Zenfone 2 não oferece a opção de carregamento sem fio, que actualmente já é utilizada pela maioria dos fabricantes.

Software

O Zenfone 2 sai de fábrica com o Android Lollipop 5.0 e até à data não recebeu qualquer actualização por parte da Asus. Com relação ao Android 6.0 Marshmallow, a Asus taiwanesa divulgou no seu fórum oficial, que toda a linha Zenfone 2 seria actualizada no segundo semestre de 2016, mas até à data ainda não saiu qualquer nova informação.

Este equipamento vem com a interface da Asus, a Zen UI que tem um visual agradável e muitos aprimoramentos no consumo de bateria. Esta interface tem as notificações do Lollipop e um visual à la TouchWiz nas Configurações rápidas.

Com relação à experiência de uso com o software, conforme eu disse acima, esta é a primeira vez que tenho um Zenfone nas mãos e a minha primeira impressão com relação à UI da ASUS é que é uma manta de retalhos. É inegável dizer que temos referências da Apple, da Sony, da LG e da Samsung aqui.

Um dos primeiros recursos que me chama a atenção no Zenfone 2 são os dois toques sobre o ecrã para ligar ou desligar. Esta função é extremamente funcional num equipamento de 5,5 polegadas e com os botões localizados na parte traseira e na parte superior.

O facto da ASUS ter optado por um processador Intel Atom faz com que as opções de ROMs personalizadas para o aparelho sejam praticamente nulas. Por último, também é preciso dizer que o software do aparelho foi optimizado para oferecer a possibilidade de expansão da memória.

Performance

Sendo um smartphone a contar com 4 GB de memória RAM e um chip de 64 bits (Intel Atom Z3580 quad-core com frequência de 2,3 GHz), as especificações do Zenfone 2 são impressionantes no papel.

Esta parceria da Asus com a Intel tem os seus prós e contras. Enquanto se consegue uma excelente frequência de trabalho, suporte para mais memória RAM (neste caso 4GB), maior segurança, reprodução mais rápida de vídeos em 4K, mais detalhes em jogos e menor consumo de energia com o suporte para 64 bits do Intel Atom Z3580, por outro lado não vai contar com suporte dos desenvolvedores para ROMs personalizadas porque a Intel não oferece os drivers do SoC para esse efeito, ela vende.

Dito isso, o desempenho do hardware do Zenfone 2 é fluido e sem engasgos. Contudo, o bom desempenho de um smartphone não se deve apenas a um grande processador, mas à integração de todos os componentes do equipamento, tais como a performance do ecrã, a velocidade de execução do software, a qualidade da antena de rádio e de internet. Neste sentido, o Zenfone 2 pode ser considerado muito bom. A coisa que mais me chamou a atenção, entretanto, é o fato de que apenas um dos slots para microSIM oferece suporte para 3G e 4G, o outro apenas 2G. Por fim, para a alegria de muitos utilizadores, o Zenfone 2 oferece Rádio FM.

Prós

  • Preço baixo
  • Dual SIM, 4 GB de RAM, CPU de 64 bits
  • Leitor de cartão Micro SD
  • ZenUI personalizável
  • Carregamento rápido – BoostMaster
  • Pixel Master

Contras

  • Botões capacitivos não iluminados
  • Bateria não removível
  • Brilho do ecrã ao ar livre

Preço

Este equipamento actualmente custa aproximadamente €300.

Conclusões

O Zenfone 2 é sem dúvidas um grande equipamento. Os destaques deste aparelho são o preço, a qualidade do processador de 64 bits, a capacidade de RAM e a autonomia da bateria. Oferecer um hardware destes fazendo com que o preço se mantenha abaixo da concorrência é para poucos.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s