Smartphones

LG G5

 

lg_g5_stream-930x512

O G5 LG incorpora três câmeras, acessórios modulares e uma bateria removível. No entanto a escolha vai depender da querer um equipamento único vs o preço elevado.

O G5 é um excelente telefone com componentes incríveis, várias opções de diversão e algumas caracteristicas nunca antes vistas. Mas ainda falta a qualidade para atingir os seus rivais.

Hardware

Como seus predecessores o botão de energia do G5 não está na lateral do telefone, nem na parte frontal por baixo do ecrâ como um botão home. Ao contrário, está localizado na traseira logo abaixo da câmera. Acerca dos botões de volume a LG decidiu este ano move-los de volta para a lateral como a maioria dos smartphones.

O posicionamento do botão de energia com o seu scanner de impressões digitais integrado pode parecer estranho se nunca usou um telefone LG. A falta de possibilidade de ligar o telefone quando está virado para cima sobre uma mesa é um grande incomodo, mas o design ambidextro tem os seus fãs.

O G5 tem uma bateria removível, mas a forma de retirá-la é um pouco diferente da maioria dos telefones. Em vez de tirar a tampa traseira, no G5 puxa-se a parte de baixo do telefone onde a maioria dos telefones tem o botão home. Para meter de volta é só encaixar por baixo e está pronto a funcionar.

Câmaras

As baterias removíveis podem ser engraçadas mas provavelmente não se troca baterias todos os dias. Já a câmara usa-se diariamente e a LG aqui também se distingue. O G5 tem três câmaras.

Uma dessas câmaras é a frontal. Um câmera regular de 8MP semelhante à encontrada em vários equipamentos de topo. As selfies são nítidas e parecem decentes com uma luz moderada.

Mas as verdadeiras estrelas são as duas câmaras traseiras, que trabalham independentes, dependendo do zoom aplicado. A lente grande angular tem a capacidade fisheye perceptível o que é ótimo para capturar grandes fotografias de paisagens. Ao aumentar o zoom, a câmara muda dinamicamente bombeando mais pixeis em objetos distantes. Não é nenhum substituto para uma verdadeira lente de zoom óptico, mas é um design inteligente.

Especificações

O G5 tem um processador Snapdragon 820, exatamente o mesmo que se encontra no Samsung Galaxy S7, no HTC 10 e até mesmo no OnePlus 3. No entanto, comparativamente, o desempenho do G5 não é tão bom.

Sgundo vários testes benchmark já efetuados o G5 é cerca de 7 por cento mais lento do que o Galaxy S7 e o HTC 10, sendo que todos usam o mesmo processador. Esta diferença deve-se ao software. A Google passou anos otimizar o Android para todos os tipos de configurações de hardware e o Android Marshmallow, a versão mais recente do sistema operativo, é excepcional. Mas como o Android é uma plataforma aberta muitas empresas gostam de colocar as suas próprias interfaces. O Android stock é altamente otimizado para tirar proveito de todo o poder de processamento do equipamento, mas os fabricantes têm de fazer as suas próprias otimizações. A HTC e a Samsung conseguiram fazer isso muito bem, já a LG ao que parece não fez corretamente o trabalho de casa. As transições entre as aplicações sofrem de alguns engasgos e muitas das aplicações nativas consomem muito a capacidade do processador.

O LG G5 não é um telefone lento, longe disso. Corre jogos 3D, manipula fotos e navega em websites com muita facilidade. Só não é tão rápida e fluido como a concorrência.

Bateria

Tendo a indústria de smartphones definido como padrão os 3000 mAh como o tamanho mínimo para os flagships das grandes marcas, o facto de existir apenas 2800 mAh neste equipamento deixa um pouco a desejar. Isto leva a que a duração da bateria seja proporcionalmente mais curta e em vez das oito horas e meia da concorrência, o G5 dura um pouco menos de oito horas (segundo informação retirada online).

Claro que tem a vantagem de trocar de bateria em aproximadamente 10 segundos, com mais um minuto para arrancar o sistema operativo. É um procedimento muito fácil, embora obrigue à compra de uma bateria em separado.

Como seria de esperar de um flagship, o G5 suporta carregamento rápido. Em geral, espera-se uma carga de 50 por cento em cerca de 30 minutos. Não tem suporte para carregamento wireless, porque a construção da bateria removível não permite isso.

Prós

– Bateria removível.

Contras

– Interface da LG demasiado pesada (blootware).

Resumo

Vale a pena comprar o G5 LG?

Apesar de tudo o telefone traz para a mesa algumas opções interessantes. Câmaras traseiras duplas, bateria removível e vários acessórios divertidos. Para quem é fã da LG, o G5 é um dos melhores aparelhos que a LG já fez, e tem muitos recursos novos.

Se a LG não tivesse carregado tanto o Android e o tivesse otimizado melhor, seria um equipamento recomendado. No entanto o valor elevado que custa apenas para ter a capacidade de usar acessórios divertidos, que não estão incluídos com o telefone, parece demasiado alto.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s