Gadgets

Motorola VerveOnes+

motorola-verveones

Em junho, a Motorola revelou sua linha de produtos VerveLife, com os phones wireless VerveOnes+ a serem os primeiros a ir para venda. Estes são verdadeiramente sem fios, existindo como dois pods independentes que se fixam diretamente no ouvido, sem fios ou faixa de cabeça para os segurar. Estes phones Bluetooth ultracompactos são fáceis de perder, mas ter um sistema de áudio semi-inteligente que é fácil de guardar nos bolsos parecia ser o futuro. Infelizmente, embora existam alguns recursos úteis e a qualidade do som é realmente respeitável, o equipamento em si ainda tem alguns problemas persistentes, sendo o mais notável a sincronização auricular-a-auricular.

O pacote inclui dois phones sem fio e uma caixa de carga, o que obriga a tê-la sempre à mão na maior parte do tempo.

A aplicação Hubble Connect para iOS e Android permite personalizar as configurações, mas os phones terão de estar dentro da caixa para que a aplicação se conecte com eles. Sem a aplicação permite ainda controlar a reprodução, selecionar EQ pré-definidos e se ligar-se ao Google Now ou Siri através da pressão num botão. Se perder os phones, a aplicação irá localizar o último local em que foram sincronizados, o que é útil.

O projeto laranja e preto combinando com caixa de carregamento é atraente, mas ao contrário das fotografias de imprensa, os botões volumosos não ficam nivelados e tendem a cair um pouco sem jeito para fora de sua orelha. Isso não quer dizer que os VerveOnes + caiam para fora dos ouvidos, eles assentam muito bem, mas são muito grandes ao olhar. Contêm impermeabilização IP57 o que significa que podem suportar exercícios suados ou até uma queda acidental na sanita.

Há definitivamente uma troca de estilo por funcionalidade, mas mesmo isso não parece que valha a pena. Os phones têm várias falhas de áudio entre os phones esquerdo e direito, o que torna o acto de ouvir uma difícil jornada.

Quanto à qualidade de áudio os phones soam muito bem. A Motorola não revelou a frequência de trabalho, mas eles têm 6,8 milímetros e fornecem o que é descrito como “som HD rico e profundo”. O baixo é realmente profundo e completo, com tons de gama média sólidos e graves geralmente altos, especialmente com ficheiros de áudio de alta resolução. Esses phones também suportam Bluetooth aptX, por isso, se tem um telemóvel ou leitor que suporte o formato pode esperar a reprodução “com qualidade de CD”.

Para ajustar a saída tem seis perfis pré-definidos de equalização para escolher: Bass, Brilliant, Balance, Rhythm, Live e Moto Sound. O perfil Balance e Moto Sound são os melhores para uma audição normal. Para obter uma pré-visualização das configurações, basta pressionar o botão dos phone de ambos os lados por seis segundos, enquanto a música está tocando. Ele vai percorrer as opções. Pressione uma vez para bloquear a sua EQ quando encontrar a que preferir.

Outra opção do sistema é o Ear Detect, um sensor IR que liga os phones quando os insere no ouvido e vice-versa. Há também Resposta por Voz que permite receber chamadas usando os microfones incluídos. Por fim temos o Pass-Through, que permite a entrada de uma pequena parte do mundo exterior. Enquanto isso definitivamente ajuda, não é uma solução segura o suficiente (ou muitas vezes legal) para o ciclismo. Muito vento também se torna um grande problema quando o Pass-Through está ligado.

Todas essas configurações são supostamente acessíveis através de uma  pressão de seis segundos no botão (sem estar em reprodução de música). Ainda assim, estas são opções que gralmente são configuradas apenas uma vez, o que é muito mais fácil de realizar através da aplicação, enquanto que os phones estão arrumados na caixa.

Um dos recursos mais úteis, neste caso para Android, é o uso do Google Now para pesquisas por voz ou navegação ao caminhar ou andar de bicicleta. É accionado através de um toque longo (menos de seis segundos) do botão do auricular esquerdo até ouvir o Google Now dizer “ouvindo”, tom que acede ao seu telefone.

A bateria de 72mAh tem uma duração aproximada de três horas e meia por auricular, quando em uso. A caixa de carregamento de 600 mAh proporciona bastante energia para um total de mais de 12 horas de tempo de reprodução. A Motorola também indica 115 horas em stand-by.

Estes phones são exemplos de tecnologia incipiente, ainda à mercê do que é tecnicamente possível. Se poder dar-se ao luxo de experimentar, vai obter algum prazer desses phones de ouvido, mas parecem muito caros para o seu real valor. O equipamento verdadeiramente sem fios ainda parece ser uma ótima idéia, mas a ligação, um fator chave aqui, ainda não está onde precisa estar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s